10 animais que já existiram e foram extintos

Animais que já existiram e foram extintos. seja pela intervenção humana na natureza ou outras causas, ao longo dos séculos muitos animais foram extintos – ou seja, existiam, mas deixaram de existir.

A contaminação do solo, da água, do ar, destruição de habitats, mudanças climáticas, utilização de substâncias tóxicas, além da caça predatória e da pesca, são alguns dos principais motivos para o fim dessas espécies.


A lista de animais que já passaram pelo planeta terra é muito extensa. Veja a seguir uma lista com dez animais que foram extintos do planeta com o passar dos anos.

Ebook 10 Maneiras De Atrair As Coisas Que Você Realmente Deseja na Sua Vida

10 Tartaruga gigante de Galápagos (Chelonoidis niger)

animais que já existiram e foram extintos
Imagem: Wikipédia

Apesar de na natureza já ser considerada extinta há mais de cento e cinquenta anos, o último exemplar vivo dessa espécie morreu no ano de dois mil e doze, onde vivia em cativeiro. As Tartaruga gigantes de Galápagos viviam por mais de cem anos, e atualmente pesquisadores do mundo todo realizam estudos para recuperar a espécie a partir da extração de seu DNA.

9 – Limpa-folha-do-Nordeste (Philydor novaesi)

Imagem: Pássaro.org

O limpa-folha-do-Nordeste era uma ave considerada de pequeno porte, com cerca de vinte centímetros de comprimento. Vivia na Mata Atlântica, e foi visto pela última vez no ano de dois mil e onze, quando foi considerado extinto.

8 – Foca-monge-do-caribe (Monachus tropicalis)

imagem: blog Adoro animais

Considerada extinta por volta do ano de dois mil e oito, a Foca-monge-do-Caribe é um mamífero que costumava habitar o mar do Caribe. A caça para utilização da pele e fins alimentícios foi a principal causa para a extinção dessa espécie.

Leia também: 30 Curiosidades Sobre Austrália

7 – Golfinho-do-rio-chinês (Lipotes vexillifer)

Imagem: O Globo

Extinta em dois mil e sete, essa espécie também era conhecida como o Golfinho-lacustre-chinês. A intervenção do homem na natureza – que provocou desequilíbrios como poluição das águas, navegação excessiva e caça indiscriminada – foram a principal causa da extinção dessa foca.

6 – Ararinha-azul (Cyanopsitta spixii)

Imagem: Hypness

Habitante da caatinga nordestina, a Ararinha-azul felizmente tem diversas associações que fomentam projetos para sua recuperação. Embora tenha sido considerada extinta no ano 2000, existem algumas vivas em cativeiros no Brasil, Alemanha, Espanha e Qatar.

Veja também: Como montar um negócio Lucrativo na Internet Passo a Passo. Clique Aqui

5 – Ibex-dos-Pirineus (Capra pyrenaica pyrenaica)

Imagem: Hipercultura

Ele foi o primeiro a ser considerado extinto por duas vezes. A primeira foi na década de oitenta, quando algumas espécies foram colocadas em cativeiro para contribuírem com a realização de programas de reprodução. Porém, sua última espécie viva veio a falecer em 1997. Habitava o norte da Espanha e o Sul da França.

4 – Tigre-de-Java (Panthera tigris sondaica)

Imagem: Proteção Animal Mundial

Extinto por volta de 1994, esta espécie de tigre era nativa da Ilha de Java, na Indonésia. A expansão da agricultura levou à perda de muito de seu habitat, sendo a principal causa de sua extinção.

3 – Tubarão-lagarto (Schroederichthys bivius)

Imagem: UFRGS

Em mil 1998, foi visto o último exemplar do Tubarão Lagarto. A principal causa relacionada à sua extinção foi o tráfego intenso de navios no local em que o animal vivia e se reproduzia, além da terrível poluição dos oceanos.

2 – Rato-candango (Juscelinomys candango)

Imagem: IGUI Ecologia

Endêmico do cerrado brasileiro, o Rato-candango habitava a região do Planalto Central.
A degradação de seu habitat, causada pela construção da cidade de Brasília, foi considerada a causa principal de sua extinção, ocorrida em mil novecentos e sessenta.

1 – Quagga (Equus quagga quagga)

Imagem: Mail & Guardian

Infelizmente o último dessa espécie morreu no zoológico de Amsterdam, em 1883. O quagga era uma espécie de zebra que habitava a África do Sul no século dezenove e foi extinta em decorrência da caça por sua pele e couro.

ASSISTA, CURTA E COMENTE O VÍDEO:

Leia também: 10 animais mais perigosos da Austrália

Tags: |

Sobre o Autor

4 Comentários

Deixe uma resposta