25 Aeroportos Mais Perigosos do Mundo

Vista aérea do aeroporto Santos Dumont na cidade do Rio de Janeiro

Os aeroportos são uma parte essencial da rede global de transporte aéreo, conectando pessoas e mercadorias em todo o mundo. No entanto, nem todos os aeroportos são iguais, e alguns apresentam desafios únicos para os pilotos devido à sua localização geográfica, condições climáticas extremas ou infraestrutura inadequada. Neste artigo, exploraremos os 25 aeroportos mais perigosos do mundo, onde pousar e decolar é um verdadeiro desafio.

1. Aeroporto Internacional de Lukla, Nepal (Tenzing-Hillary Airport)

Localizado no coração dos Himalaias, o Aeroporto de Lukla é notório por sua pista curta, terreno montanhoso e condições climáticas imprevisíveis. É a principal porta de entrada para o Everest, tornando-o uma parada vital para alpinistas, mas também uma das mais perigosas do mundo.

2. Aeroporto Internacional de Courchevel, França

Situado nos Alpes franceses, o Aeroporto de Courchevel tem uma pista de pouso extremamente curta, cercada por encostas íngremes. Aterrissar aqui requer habilidades excepcionais de pilotagem, além de enfrentar condições climáticas desafiadoras no inverno.

3. Aeroporto Internacional de Gibraltar

Este aeroporto é notório por sua pista que cruza uma estrada principal, o que significa que os carros e pedestres têm que esperar enquanto os aviões decolam e pousam. Além disso, ventos fortes podem tornar aterrissagens e decolagens complicadas.

4. Aeroporto Internacional de Toncontín, Honduras

Toncontín é famoso por sua pista curta e cercada por montanhas, tornando as manobras de aterrissagem extremamente desafiadoras. Vários acidentes ocorreram neste aeroporto ao longo dos anos.

5. Aeroporto Internacional de Paro, Butão

Localizado em um vale cercado por montanhas, o Aeroporto de Paro exige que os pilotos realizem uma manobra de imersão íngreme para aterrissar. Somente pilotos treinados e certificados estão autorizados a voar para este destino.

6. Aeroporto Internacional Princesa Juliana, St. Maarten

Este aeroporto é famoso por sua pista curta e pela proximidade das praias circundantes. Os banhistas muitas vezes ficam a poucos metros dos aviões enquanto eles pousam, criando uma experiência única, mas também desafiadora, para os pilotos.

7. Aeroporto Internacional de Madeira, Portugal (Aeroporto Cristiano Ronaldo)

A pista curta e os ventos fortes tornam o Aeroporto da Madeira um dos mais desafiadores para os pilotos. No entanto, melhorias recentes na infraestrutura ajudaram a tornar as operações mais seguras.

8. Aeroporto Internacional de Congonhas, Brasil

Congonhas é conhecido por sua pista curta e pela sua localização no centro de São Paulo. Os pilotos enfrentam desafios adicionais devido ao tráfego aéreo intenso e à geografia urbana.

9. Aeroporto Internacional de Kai Tak, Hong Kong (Fechado)

Embora o Aeroporto de Kai Tak tenha sido fechado em 1998, ele ainda é lembrado como um dos mais perigosos do mundo. As manobras de aterrissagem, que exigiam voar entre arranha-céus densamente povoados, eram extremamente desafiadoras.

10. Aeroporto Internacional de Tegucigalpa, Honduras (Aeroporto Toncontín)

Este é outro aeroporto em Honduras conhecido por sua pista curta e circundada por montanhas. Vários acidentes ocorreram aqui ao longo dos anos, tornando-o um dos aeroportos mais perigosos do mundo.

11. Aeroporto de Saba

Essa é uma pequena ilha no Caribe que pertence às Antilhas Holandesas. Com uma pista de pouso de apenas quatrocentos metros, o Aeroporto de Saba é o menor do mundo a receber voos comerciais. Além de pequena, a pista fica sobre um platô dezoito metros acima do nível do mar, com ambos os lados terminando em penhascos. Apenas aviões turboélices de pequeno porte pousam ali, fazendo as ligações com as demais ilhas das Antilhas.

12. Aeroporto de Barra / BRR

Este é o único aeroporto do mundo a operar em nada menos que uma praia! Além de checar as condições meteorológicas antes dos voos, os pilotos precisam checar também a altura das marés, já que precisarão pousar nas areias de uma praia escocesa.

13. Aeroporto Internacional de Nápoles, Itália

Este aeroporto é cercado por montanhas e água, tornando a aterrissagem e a decolagem desafiadoras, especialmente em condições de vento forte e tempestades.

14. Aeroporto Internacional de Congonhas, São Tomé e Príncipe

Localizado em uma pequena ilha, este aeroporto tem uma pista curta e está sujeito a ventos fortes, tornando as operações aéreas particularmente difíceis.

15. Aeroporto Internacional de Aspen-Pitkin County, EUA

Rodeado por montanhas altas, Aspen é famoso por suas condições de voo desafiadoras, incluindo ventos fortes e visibilidade limitada durante as tempestades de neve.

16. Aeroporto Internacional de McMurdo Station, Antártica

Localizado em uma região remota e sujeito a temperaturas extremamente baixas, este aeroporto serve como base para operações na Antártica, apresentando desafios adicionais para os pilotos.

17. Aeroporto Internacional de Gustaf III, St. Barts

Este aeroporto caribenho é famoso por sua pista curta e cercada por colinas, o que torna as operações aéreas uma experiência emocionante e desafiadora.

18. Aeroporto Internacional de Princess Juliana, St. Barts (Sim, há outro em St. Barts!)

Este pequeno aeroporto do Caribe também apresenta desafios devido à sua pista curta e à proximidade de praias movimentadas.

19. Aeroporto Internacional de Gibraltar (La Línea de la Concepción)

A segunda entrada de Gibraltar nesta lista destaca os desafios contínuos da proximidade de uma estrada movimentada e ventos imprevisíveis.

20. Aeroporto Internacional de Narvik, Noruega

Localizado acima do Círculo Polar Ártico, este aeroporto enfrenta nevascas e ventos fortes, tornando as operações aéreas difíceis durante o inverno.

21. Aeroporto Internacional de Agatti, Índia

Este aeroporto nas Ilhas Lakshadweep tem uma pista curta e está rodeado por água, o que o torna desafiador para os pilotos, especialmente durante as monções.

22. Aeroporto Internacional de Wellington, Nova Zelândia

Devido à sua localização costeira, Wellington é suscetível a ventos fortes e turbulência, tornando as aproximações finais difíceis para os pilotos.

23. Aeroporto Internacional de Santos Dumont, Rio de Janeiro, Brasil

Este aeroporto está localizado no coração do Rio de Janeiro, cercado por água e edifícios altos, o que torna as manobras de aterrissagem e decolagem desafiadoras, especialmente em condições de vento.

24. Aeroporto Internacional de Funchal, Madeira, Portugal

Além do já mencionado, o Aeroporto da Madeira é também conhecido por suas condições de vento e visibilidade que podem dificultar as operações.

25. Aeroporto Internacional de LaGuardia, Nova York, Estados Unidos

LaGuardia é famoso por sua proximidade com arranha-céus e o congestionamento do espaço aéreo de Nova York, tornando as operações de pouso e decolagem complexas.

Estes aeroportos, embora desafiadores, são operados com a mais alta prioridade de segurança em mente. Os pilotos que voam para essas localidades são altamente treinados e certificados para lidar com as condições únicas que esses aeroportos apresentam. No entanto, eles permanecem fascinantes exemplos de como a geografia e as condições locais podem criar desafios únicos para a aviação.

Veja também: 30 Curiosidades incríveis sobre o sol

Aprenda a montar seu Negócio trabalhando na Internet, mini curso grátis: Acesse Aqui

Tags: |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta