Brinquedos Antigos que (quase) todo mundo esqueceu

O Dia das Crianças é uma data especial que enche os olhos das crianças e de seus responsáveis, não apenas por celebrar a infância, mas também por nos transportar de volta a esse tempo mágico. Neste artigo, vamos fazer uma viagem nostálgica pelo tempo, relembrando alguns brinquedos clássicos das décadas de 70, 80 e 90.

O vídeo que estamos prestes a apresentar nos leva em uma viagem nostálgica. Quem aí foi uma criança dos anos setenta, oitenta ou noventa? Hoje vamos relembrar alguns brinquedos que marcaram essas décadas especiais.

1. Tamagotchi – O Bichinho Virtual

O Tamagotchi, conhecido como “bichinho virtual” japonês, era o sonho de muitas crianças. Este aparelho arredondado de diversas cores tinha um personagem na tela, em forma de pixels, que precisava de comida, atenção e limpeza. Se não cuidássemos dele adequadamente, o Tamagotchi podia morrer. Embora desse um certo trabalho, era uma ótima maneira de ensinar responsabilidade às crianças.

2. Pogobol – A Bola Saltitante

O Pogobol é um clássico que proporciona diversão para todas as idades. Inventado em 1969 e lançado no Brasil em 1987, basta calçar sapatos e meias, colocar um pé de cada lado da bola e saltar por aí. Além de ser divertido, o Pogobol também é uma ótima maneira de gastar energia e queimar calorias.

3. Playmobil – A Pequena Maravilha Montável

Na década de 1970, com a crise do petróleo, os brinquedos tiveram que se adaptar, tornando-se menores. Foi quando surgiram os Playmobil, pequenos bonecos articulados com acessórios separados, que foram apresentados ao público em 1974. Esses brinquedos de montar se tornaram uma referência quando se fala em brinquedos antigos.

4. Comandos em Ação – A Coleção Colecionável

Na série de 1983, surgiram os Comandos em Ação, bonecos colecionáveis que se tornaram uma verdadeira febre nas décadas de 80 e 90. Além dos bonecos, havia acessórios como aviões e outros veículos. Para os interessados em iniciar uma coleção, ainda é possível encontrá-los para compra na internet.

5. Vai-vem – A Diversão Reciclável

O Vai-vem era um brinquedo simples e acessível que podia ser feito em casa com materiais recicláveis. Era uma febre nas escolas, uma atividade por si só e proporcionava momentos divertidos em equipe. Repleto de nostalgia, o Vai-vem é uma ótima recordação da infância.

6. Bola de Gude – Um Clássico Milenar

As bolinhas de vidro, também conhecidas como “bola de gude,” são provavelmente o brinquedo mais antigo desta lista. Unidades delas foram encontradas em túmulos que datam de 3 mil anos antes de Cristo. Crianças brincam com elas desde tempos imemoriais, como retratado na pintura “Jogos Infantis” de 1560 pelo pintor renascentista Pieter Brueghel. As bolinhas de gude nunca saem de moda e têm diversos nomes, mas sua diversão é eterna.

Confira no Site: Acesse Aqui

7. Aquaplay – Concentração e Diversão

O Aquaplay, mais barato que o Gameboy, era ótimo para treinar concentração. Disponível em diversas cores e formas, o objetivo era encaixar as argolas flutuantes nas barrinhas usando botões. Praticamente todas as crianças dos anos 90 tiveram um Aquaplay.

8. Pequeno Arquiteto – Blocos de Madeira

Os blocos de madeira que formavam casas e prédios eram uma alternativa ao Lego e adequados para crianças mais novas, pois não requeriam encaixe, apenas empilhamento. Ainda é possível adquiri-los e se divertir com esses blocos de construção, amplamente utilizados em escolas infantis.

Neste artigo, relembramos alguns brinquedos clássicos que marcaram gerações. A infância é uma época mágica, e esses brinquedos desempenharam um papel importante na formação de memórias e na diversão das crianças. Comente abaixo sobre outros brinquedos clássicos que você se lembra e compartilhe este artigo com seus amigos para que eles também possam reviver esses momentos especiais da infância. Vamos manter viva a magia desses brinquedos atemporais e celebrar a eterna juventude que eles representam.

Veja também: A vida no tempo de Jesus Cristo

Deixe uma resposta