10 dicas para interpretação de texto

A interpretação de texto é uma habilidade essencial para o sucesso acadêmico, profissional e pessoal. Saber como ler, compreender e analisar um texto é fundamental para se comunicar bem, resolver problemas e tomar decisões. No entanto, muitas pessoas têm dificuldades para interpretar textos, seja por falta de hábito, de vocabulário ou de atenção. Por isso, neste artigo, vamos apresentar 10 dicas para interpretação de texto e se dar bem em qualquer situação.

Veja também: Aprenda a fazer redação nota Mil no Enem e em Concursos Públicos

1. Leia o texto com atenção e calma

A primeira dica é ler o texto com atenção e calma, sem pressa ou distrações. Muitas vezes, perdemos informações importantes ou nos confundimos por causa de uma leitura superficial ou apressada. Por isso, reserve um tempo adequado para ler o texto, evite interrupções e ruídos, e procure se concentrar no que está lendo.

2. Identifique o tema, o gênero e o objetivo do texto

A segunda dica é identificar o tema, o gênero e o objetivo do texto. O tema é o assunto principal sobre o qual o texto trata. O gênero é a forma como o texto é organizado, como por exemplo, narrativo, descritivo, argumentativo, informativo, etc. O objetivo é a intenção do autor ao escrever o texto, como por exemplo, informar, persuadir, entreter, etc. Esses elementos ajudam a entender o contexto, o propósito e o tom do texto.

3. Busque o significado das palavras desconhecidas

A terceira dica é buscar o significado das palavras desconhecidas. Muitas vezes, o sentido de um texto depende do conhecimento do vocabulário usado pelo autor. Por isso, é importante consultar um dicionário sempre que encontrar uma palavra que não sabe o que significa. Além disso, é bom anotar as palavras novas e tentar usá-las em outros contextos, para ampliar o seu repertório linguístico.

4. Faça uma leitura ativa e crítica do texto

A quarta dica é fazer uma leitura ativa e crítica do texto. Isso significa não apenas ler o que está escrito, mas também questionar, inferir, relacionar, comparar, avaliar e opinar sobre o texto. Para isso, é preciso usar o seu conhecimento prévio, a sua experiência e a sua visão de mundo, e também buscar outras fontes de informação que possam complementar ou contrapor o texto. Assim, você desenvolve o seu senso crítico e a sua capacidade de argumentação.

5. Identifique as ideias principais e secundárias do texto

A quinta dica é identificar as ideias principais e secundárias do texto. As ideias principais são aquelas que expressam o ponto central ou a mensagem principal do texto. As ideias secundárias são aquelas que apoiam, exemplificam, explicam ou detalham as ideias principais. Para identificar as ideias principais e secundárias, é preciso prestar atenção nos títulos, subtítulos, parágrafos, tópicos, conectivos, exemplos, etc.

6. Faça um resumo ou um esquema do texto

A sexta dica é fazer um resumo ou um esquema do texto. Um resumo é uma síntese das ideias principais e secundárias do texto, usando as suas próprias palavras. Um esquema é uma representação gráfica ou visual das ideias do texto, usando símbolos, cores, setas, etc. Essas técnicas ajudam a organizar, memorizar e revisar o conteúdo do texto.

7. Elabore perguntas e respostas sobre o texto

A sétima dica é elaborar perguntas e respostas sobre o texto. As perguntas podem ser de diferentes tipos, como por exemplo, de fato, de opinião, de interpretação, de inferência, etc. As respostas devem ser baseadas no texto, mas também podem incluir a sua opinião ou conhecimento. Essa técnica ajuda a verificar a sua compreensão, a estimular o seu raciocínio e a ampliar a sua visão sobre o texto.

8. Relacione o texto com outros textos e contextos

A oitava dica é relacionar o texto com outros textos e contextos. Isso significa fazer conexões entre o texto que você leu e outros textos que você já leu ou conhece, seja de mesmo ou de diferente gênero, tema ou objetivo. Também significa fazer conexões entre o texto e o contexto em que ele foi produzido ou em que ele está inserido, seja histórico, social, cultural, etc. Essa técnica ajuda a ampliar o seu repertório, a fazer intertextualidade e a contextualizar o texto.

9. Releia o texto e revise as suas anotações

A nona dica é releia o texto e revise as suas anotações. A releitura é importante para esclarecer dúvidas, corrigir erros, reforçar a memorização e aprofundar a compreensão. A revisão é importante para verificar se as suas anotações estão completas, coerentes, claras e organizadas. Essa técnica ajuda a consolidar o seu aprendizado e a preparar-se para avaliações ou aplicações práticas do texto.

10. Pratique a leitura e a interpretação de textos

A décima e última dica é praticar a leitura e a interpretação de textos. A prática é essencial para desenvolver e aperfeiçoar qualquer habilidade, e com a interpretação de texto não é diferente. Por isso, procure ler e interpretar textos de diferentes gêneros, temas, objetivos, autores, fontes, etc. Quanto mais você ler e interpretar, mais fácil e natural será essa atividade.

Espero que você tenha gostado dessas dicas e que ele seja útil para você. Se você quiser saber mais sobre interpretação de texto, você pode consultar os seguintes sites:

Tags: |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta